Faça abaixo uma pesquisa no Google sem sair do site:

Pesquisa personalizada

quarta-feira, 7 de abril de 2010

SE PROCURAR BEM

Você acaba encontrando
Não a explicação (duvidosa) da vida
Mas a poesia (inexplicavel) da vida...

CARLOS DRUMOND DE ANDRADE

8 comentários:

Nile e Richard disse...

Oi coração,bom dia.
Estou de pleno acordo.
bjtos.Nile.

Vania Verçosa disse...

Bom dia Nilda,

Lindo poema.

Um bom dia para você.

Beijos no coração...

Faniquito disse...

Oii, Nildinha !!!


Mas esse "cara" é tão "descolado"...como é profundo isso. :)

Lindo dia p/ vc ...e procure sempre ser feliz...independente de qualquer coisa.:)

Beijinhos

Ana

Rafaela disse...

Fazia tempo que eu não dava uma bisbilhotada por aqui... e quanto capricho, hã?

Sem contar essa linda poesia! Bjus e bom dia.

Káthia Marchand disse...

Querida Nildinha...

E quem sabe se tudo não é poesia???
As vezes triste...
mas é poesia!!!

Beijinhos e bom dia!

So artes disse...

Oi Nilda, que lindo...obrigada por compartilhar!!
Tenha um lindo final-de-semana,
beijinhos
So

Fernanda Fernandes disse...

Adorei o poema ...simples e direto...sabe gostaria de fazer crochê até faço um pouco mas faço uma confusão para contar as casinhas na correntinhas fica meio torto sei lá...peguei uma receitinha mas ver se dou conta...aqueles quadradinhos depois a gente imenda sabe...vou tentar...mas acho que gasta muita lã...voce sabe me dizer quantos quadradinhos dão um novelo de 100grs daquele baratinho sabe?quanquer coisa me fala tá se souber...obrigada e beijos!!

Olivia Claudia disse...

Nilda, belíssimo poema, aliás como tudo que vejo em seu blog.
Só uma consideração: conserte o inexplicável :)
Amo tudo o que você faz e te considero uma artista e uma pessoa sem igual!!!
Bjs e não é necessário postar este comentário.